quarta-feira, 20 de agosto de 2014

O que dizer do filme "Ela"


O Filme her "Ela" é um filme com 5 indicações ao Oscar,Vencedor na categoria de melhor roteiro original no Oscar 2014 e vencedor do globo de ouro de melhor roteiro.Muito aclamado pela crítica!
O filme estreou no Festival de Cinema de Nova Iorque de 2013 e foi lançado nos cinemas dos Estados Unidos em 18 de dezembro de 2013.
Realmente contemporâneo e futurista!Uma mistura de romance com ficção científica além de ser um drama de uma solidão latente.
O filme conta a história de um homem solitário que se apaixona por um sistema operacional inteligente de computador.Super recomendado e para quem ainda não viu!Por favor não assista dublado,pois a voz do sistema operacional é da atriz 
Scarlett Johansson que faz a voz da Samantha ( sistema operacional )
Direção Spike Jonze
Protagonizados por Joaquin Phoenix que faz o Theodoro e a Scarlett Johansson ( sistema operacional )

Joaquim Phoenix e Scarlett no Oscar 2014

O que dizer do filme...O que ele nos faz refletir...

O amor e a solidão entremeados em um momento.São lados de uma mesma émoeda tão contrários e tão emanados como se fossem indissociáveis.Nas relações amorosas queremos nos entender e se fazer entender.Entre o espelho que nos olha e nos venera e nos protege do mundo lá fora.O filme Ela em que Theodoro se apaixona por um sistema operacional de computador com inteligência artificial é mesmo fascinante,pois conta a história de um homem solitário que coincide com tantas outras histórias no mundo atual.A tecnologia além de ajudar condiciona a vida e ainda assim buscamos incontrolavelmente saciar essa sede de amar com recursos que cada vez mais nos distancia das pessoas e nos aprisiona em máquinas.Assim seria uma relação mais semelhante ao que vivemos hoje com as redes sociais.Seria o filme que atualmente melhor traduz esse paradoxo entre a tecnologia e o ser humano entre a face oculta das sensações que criamos.


É como já fora dito no filme o ontem é passado...E o passado é uma história que já passou que insistimos em contar pra gente...se o passado retém nossa vida seria um tanto paradoxal viver nele e se o futuro recria sensações,seria um tanto atual pensar que amar é mesmo uma sandice socializada na vida atual.
E que essa sandice tão bem contada seja o paradoxo que te leve a pensar como nos distanciamos da beleza de ouvir o outro e que através de um programa de computador com voz que acalanta,acaricia e seduz... Renova a sensação dos sentidos que outrora esquecido por imagens nos fala e agora conta o que apenas é real em ficção e poesia.
Filme surreal com grande sintonia entre futuro e Contemporaneidade de sensações paradoxais de um mundo pós moderno em que é preciso rever as sensações e que máquinas pensantes nos faz refletir...
Assim refleti e me apaixonei pelo filme.Acredito que você também possa se encantar.Sua sensibilidade pode adentrar idéias até então não concebidas.Talvez pensadas,mas nunca ditas e talvez ditas de outra forma.

Por Arlã Rocha

domingo, 17 de agosto de 2014

Mariana Aydar foi destaque no FIG/2014


Mariana Aydar foi destaque no Festival de Inverno de Garanhuns,onde após o show em homenagem a Dominguinhos (21.07.2014) recebeu os fãs que aguardavam o tão ansioso encontro.Os fãs agradecem pelo respeito,atenção e simpatia com que trata os seus seguidores que acompanham a sua carreira.Um blogueiro também admirador do seu trabalho e apreciador do seu talento tem o seu primeiro contato!A impressão é que a cantora Mariana Aydar tem a simplicidade e a sutileza de uma artista que toca a alma dos seus fãs e que a sua alma emana uma profusão de bons sentimentos.


Encanta e canta o que faz falta!
E se  falar que o seu sorriso iria passar despercebido!Claro que não!
Foi perceptível o quanto a docilidade da cantora faz da artista a queridinha dos fãs!



O fã clube da Mariana Aydar diz que a cantora é muito atenciosa e que sempre os recebe!

Ela encontra-se na lista da preferência dos fãs que adoram ser recebidos por ela,pois a mesma tem entrado no gosto popular pelo talento,ousadia,simplicidade,personalidade marcante e teatralidade  incorporada a sua performance musical.Garanhuns ama recebê-la,pois não é a primeira vez que ela encanta os Pernambucanos no FIG.

As imagens mostram o  porquê dos fãs adorarem essa cantora que faz o seu trabalho com amor, talento de sobra e personalidade marcante.

Os fãs agradecem  e os Pernambucanos aguardam a sua volta no FIG 2015.
Se você ficou curioso e quer conhecer mais sobre essa talentosa cantora.Não deixe de acessar o link.

sábado, 16 de agosto de 2014

Filme "O lado bom da vida"

O lado bom da vida é baseado no livro de Silver Linings Playbook.O Lado Bom da Vida  é um filme estadunidense de comédia dramática e comédia romântica dirigido por David O. Russell.E recebeu oito indicações ao OSCAR e ganhou o prêmio como Melhor Atriz, com Jennifer Lawrence,faturando a estatueta.






O roteiro fala de um homem Pat Peoples (Bradley Cooper),que tem transtorno bipolar que depois de um longo período de tratamento volta para a casa dos pais.E após sua volta descobre que sua esposa se afastou em consequência de um ato violento que ele teve.Em sua procura para reconquistar sua esposa encontra apoio em Tiffany Maxwell (Jennifer Lawrence) que passa por problemas psicológicos depois de perder seu marido.E é nessa amizade e em sua relação com os pais que encontramos os maiores significados de procura,amizade e amor...





O lado bom da vida é um filme diferente dos filmes clichês de comédias românticas.É muito mais que um filme de comédia romântica,pois revela um outro lado das histórias de romance,nem sempre as histórias de amor que começam estão totalmente reveladas,desvendam-se.O que antes parece obscuro é só uma nuvem que cobre e dificulta a leitura dos sinais.Os traumas são o que de mais revelador podemos ver numa história trágica e o temor que se desfaz mostra que o trauma é uma cortina que não serve mais.E é chegada a hora de ver o sol por trás da janela que se abre.E a cortina apenas escondia um sol que nascia.E assim o sol que nasce para todos é o mesmo sol que hoje se prolonga...

O filme "O lado bom da vida" nos traz de novo,uma história de amor diferente.Seria o cinema e a arte capaz de nos fazer crer que o novo sempre vem?E quando a noite sombria se avizinha a chuva apronta-se para desmanchar e por a ordem nos desalentos e cinzentos dias que se amontoam em noites iguais e dias que não se acabam mais.
Prefiro metaforicamente falar desse filme do que falar de um roteiro linear.O que pode vir com uma mensagem muito mais que sublimar.
E que nessa noite a emoção que se prolongou não perdure,mas seja vivida ...porque outras virão em uma noite tão silenciosa quanto esta e tão igual quanto esta.

terça-feira, 17 de junho de 2014

Goooool




Personificar 
Cores 
Personalizar amores
Esverdear os cantos
Enfeitar recantos
Verdes calçadas
Amarelas as paradas
Azuis verdejantes 
E pedestres delirantes
Amarelados 
Esverdeados 
Azulados 
Em céu estrelado 
Reunidos em cores 
Onde o céu tem mais amores
E os amores tem neste céu
As cores
Energizadas
Os sons retumbantes 
O coro 
Triunfante
[...]

Goooool !


Por Arlã Rocha

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Cogito,ergo,sum





Eu não posso morrer agora
Antes de amar despudoramente
Eu não posso morrer enquanto não souber dar um trago na vida
E entrar num êxtase que só uma droga alucinógena nos traz
Eu não não posso morrer enquanto pensar em morrer
A morte pede o preço da vida
E a vida pede o troco
 Negligenciando o tempo
Pedimos o troco
E viramos pedintes
Da curta vida eu sei tão pouco
E da longa sei menos ainda
Eu vivo e morro
Em um só dia
E na madrugada acordo
Embrumado nos meus livros
E enquanto leio
Ensurdeço
Loucamente
E adormeço
Em leves reflexões
E assim a morte
Parece certa
E a vida de tão incerta
É a mais certa
Pois conta pra mim
Sobre a sua brevidade
E fala em alto e bom som
Viva!
E enquanto eu viver
Pensarei em morrer
Sempre nos encontros e nas despedidas
Pois a fênix sabiamente
Sabe que as cinzas
Advindas do fim
Provêm o renascimento
E assim em divagações matinais
Madrugada a dentro
"Corgito,ergo,sum"


Por Arlã Rocha

domingo, 18 de maio de 2014

Recife aplaude a Cantora CÉU que canta álbum "Catch a fire” de Bob Marley



O Show de Céu no Baile Perfumado no dia 17 de maio de 2014  foi uma noite de reggae onde a cantora cantou sua versão do álbum "Catch a fire”,do consagrado Bob Marley.Foi uma noite com muito reggae atrelada à personalidade marcante da cantora que transmite muita paixão pelo reggae.Diz a cantora que gravar Bob Marley foi um tanto audacioso,pois mexer em clássicos que já são bons requer cautela,mas é como já disse a cantora que acredita que o Bob Marley fez música pra ser cantada,pra está na boca do povo.



DECLARAÇÃO DA CANTORA CÉU

Mexer em clássico requer uma certa cautela.Foi uma petulância minha gravar Concrete Jungle (Bob Marley) que tá no meu primeiro disco.Uma música que é uma pedrada,uma granada,uma música de resistência.Mas o Bob Marley fez música pra está na nossa boca pra gente cantar.Faço esse trabalho com amor e respeito a música Jamaicana.



Cantora elogiada pela crítica faz sucesso Brasil afora e hoje com tamanha audácia mostra que sua voz e sua paixão pelo regaee tem a personalidade do regaee  e assim ganha o respeito dos fãs de Bob Marley.

A cantora cantou ainda no final do show Cordão da Insônia (Céu / Beto Villares) presente no álbum Vagarosa lançado em 2009.

"...Vou sem medo de altura
Sem perigo de cair
Dorme, dorme babilônia
Faz meu sonho existir."
( TRECHO DA MÚSICA CORDÃO DA INSÔNIA )



domingo, 13 de abril de 2014

Razões para ser bonita com Ingrid Guimarães




Um espetáculo que é uma versão brasileira da comédia do premiado dramaturgo norte-americano Neil Labute é  estrelado por Ingrid Guimarães, Marcelo Faria, Gustavo Machado e Aline Fanju.
Sob a direção de João Fonseca.
Foi comprado os direitos autorais e os brasileiros agradecem,pois um espetáculo que faz parte da triologia de Neil Labute só tende a render elogios.Triologia sobre as aparências: 
 "A Forma das Coisas", "A Gorda" e "Razões Para Ser Bonita".

RAZÕES PARA SER BONITA É UMA PEÇA PARA RIR,PENSAR E TAMBÉM SE EMOCIONAR.

Enfim o espetáculo sob o prisma conjugal de dois casais encena a vida real e correlaciona a importância dada pela sociedade hodierna no parâmetro de  beleza a ser perseguido.Como diria Zélia Duncan:

...o mundo gosta da beleza fácil
Do que é superprático
Banalidade rara
Superfície clara
Do que se vê logo de cara
E nunca se enxerga.
(Trecho da música de Zélia Duncan/beleza fácil )

A beleza abre portas e aprisiona os mortais em vitrines.O que seria a beleza?Uma miragem que ninguém consegue deter e o tempo rouba sorrateiramente e por assim dizer o belo seria o efêmero?Ou o que lhe apraz?E se for efêmero e passageiro o que sobrará dos mortais?


como dizia a personagem de Ingrid Guimarães quando no espetáculo faz analogia com as belas dos contos de fadas.A bela e a fera por exemplo.Por que não o belo e a fera!
Será mesmo que o homem ficaria com uma fera toda peluda num conto de fada e na vida real...Com as suas analogias a platéia se diverte.
Analogias divertidas mas que trazem o teor que desde a infância o ideal a ser perseguido de beleza é surreal.É só prestar atenção.Diz Ingrid Guimarães
- A branca de neve,a cinderela e tantas outras...
Em um desabafo da personagem de Ingrid Guimarães ela fala que gastou um carro no rosto e o namorado dela diz que o rosto dela é comum.
A platéia rir e ela interage!
Que maravilha de espetáculo.

Interage com o público e faz o público pensar sobre o esteriótipo ideal que a sociedade apregoa.
O culto à beleza.E a ditadura da beleza.
O que é comum seria atrelado ao feio?
Mas o que é comum mesmo?
Razoável perguntar isso
É tudo que foge aos padrões?

Reflexões à parte...



Recife está lotando o Teatro Rio Mar.Já é a segunda semana que  a peça está em cartaz aqui no Recife.E  o espetáculo tem agradado ao público e a crítica.



Por Arlã Rocha 




domingo, 6 de abril de 2014

É possível que um advogado seja coautor do crime de falso testemunho?


O crime de falso testemunho previsto no código penal art. 342.Penaliza quem comete tal crime.A doutrina diz que deve ser afastada a possibilidade de coautoria por se tratar de infrações personalíssimas,ou seja, infrações próprias praticado pelo agente previsto no tipo penal,não sendo possível a divisão de tarefas.
Em sentido contrário o STJ decidiu:

Entendimento desta Corte de que é possível,em tese,atribuir a advogado a coautoria pelo crime de falso testemunho.(STJ,REsp. 402783/SP Rec.Esp.2001/0193430-6;5ª T.,Rel.Min.José Arnaldo da Fonseca,DJ 13/10/2003,p.403 ).
Houve então uma quebra da regra geral.
O delito de falso testemunho,apesar de ser considerado de mão própria ( delito de atuação pessoal e intransferível do agente que pratica o crime ) admite a participação.
Precedentes desta corte e do STF ( STJ,REsp..659.512/RS,Rel.Min.Gilson Dipp,5ª T.,DJ 29/11/2004,p.397 ).


Obs.: No caso de autoria mediata em um crime de falso testemunho sob coação irresistível.( exceção à regra )

Ex.: A doutrina considera que crime de falso testemunho é considerado crime de mão própria.Não sendo possível a autoria mediata.Considerando que muitas dessas regras pode ter exceção.

A autoria mediata é plausível nos crimes de mão própria não sendo delito de execução pessoal ( STJ,REsp..761354/PR,Rel.Min.Felix Fischer,5ª T.,DJ 16/10/2006,p.421 ).


Crimes de mão própria - Aquele em que somente o agente previsto no tipo penal praticará o crime.

Autor mediato- quem comete o fato punível por meio de outra pessoa.


Por Arlã Rocha 


FONTE:

GRECO,Rogério.Código Penal:comentado,7.ed.Niterói,RJ: Impetus,2013.


sábado, 5 de abril de 2014

O filme Noé do diretor e roteirista Darren Aronofsky



Noé é um filme do diretor e roteirista Darren Aronofsky inspirado na  história bíblica em que um homem chamado Noé recebe uma missão divina de salvar a criação do dilúvio.

Antes de ver o filme é bom saber que por conta da trajetória de Noé contada no filme ser um pouco fantasiosa o longa-metragem foi proibido em alguns países como Bahrein, Catar, Emirados Árabes e Indonésia, de maioria muçulmana.

No filme a construção da arca por Noé e o trabalho árduo é pouco explorado e é acrescentado hipóteses muito refutadas.Entre elas: os guardiões de pedras ajudam Noé a construir a arca;a tentativa de invasão na arca;Tubalcaim não entrou na arca nem fez conchavo com o filho do meio.Entre outras criações fantasiosas que irão perceber na trajetória de Noé.

No filme a benevolência de Noé muitas vezes é deixada de lado para dar contorno a um homem  também intransigente.O que convém afirmar é que muitas vezes os nossos salvadores são mitificados e o diretor desconstrói essa idéia.Talvez isso provoque tanta polêmica e discussão em torno do filme.O que podemos perceber é que o diretor e roteirista quis destacar essa desconstrução.

Uma história conhecida por todos pode ter alguns destaques quanto ao que o filme pode representar no imaginário do espectador.Afinal a história de Noé no filme não revela uma trajetória fiel à história bíblica.


A construção do filme enfoca o pecado,a criação do mundo e a destruição para que o bem possa reinar.


Personagens com personalidades exacerbadas em que o homem e a natureza dos seus desejos e sentimentos podem demonstrar.Ser fiel a história não é o foco,mas o foco é construir uma história paralela que engendra por um caminho de luz,salvação,devoção,pecado,destruição,criação e renascimento.


Ator Russell Crowe interpreta Noé

Associo o filme à recriação cinematográfica que recria e cria o que acontece durante e antes do dilúvio.Criando até uma tentativa de invasão na arca de Noé.O que verdadeiramente não acontece na história bíblica.
Enxergando o filme como arte sem desconsiderar o que de melhor o diretor e roteirista quis mostrar é que a arte está à serviço da criação e se o processo de criar estiver à serviço da relexão.
Digo que a arte é também processo de discussão!
E assim afirmo que o filme é inspirado na história bíblica de Noé e falar baseado será um tanto exagerado.Para saber se o filme vale a pena aceitar como ficção só você e seus conceitos dirão.E se for arte conclame então.


Por Arlã Rocha

quinta-feira, 27 de março de 2014

Ninfomaníaca volume 2


Filme do diretor polêmico Lars Von Trier "Ninfomaníaca" retrata a história de uma assumida ninfomaníaca que conta as suas experiências eróticas ao homem que a salva após ser espancada.Afirmo que o filme pode causar diversas sensações a partir da premissa do que você pensa sobre sexualidade e os tabus advindos da sociedade hodierna que não é puramente moderna e nem tão pouco dissociada do arcaico e dos conceitos preestabelecidos.
Para buscar uma definição quanto às personagens dos diversos filmes que retratam uma personagem ninfomaníaca,seria o que comumente vimos "a mulher viciada em sexo".
Muitos cineastas já abordaram esse conceito.
Lars Von Trier faz diferente!
Cria uma perspectiva angular.Aquela que choca,impressiona e conduz.Afinal o que ensurdece também nos fala.


Atriz Charlotte Gainsbourg

O que choca pode sim ser o relevo de uma discussão.E essa discussão em uma personagem um tanto ensurdecedora deixa mesmo uma linear construção sobre a sexualidade e sobre esse mundo da sexualidade.
O que seria então a discussão embutida no filme?
Seria o que você pensa em construir ou o que está disposto em seqüências que podem ou não lhe agradar?



  Atriz Charlotte Gainsbourg

O filme é o encabeçamento para uma reflexão que transborda.E por ser assim!
O cinema faz arte e  Lars Von Trier faz da arte um choque e por assim dizer de um filme sem cortes.Digo que a arte também pasma e impressiona!
O seu pudor não pode conter o que a reflexão não quer guardar.

Por Arlã Rocha

domingo, 23 de março de 2014

Por que não é possível acontecer a intervenção federal em alguns municípios?


A intervenção federal só será possível nos entes passíveis de intervenção federal.Os entes passíveis são o Estado-membro,o Distrito Federal ou os Municípios que integram o território federal.Por isso,é importante ressaltar que a intervenção federal concernente aos municípios ligados ao Estado-membro não será possível.Assevera Gilmar Mendes que não cabe,portanto,a intervenção federal em municípios integrantes do Estado-membro,mesmo que a medida seja pedida por desrespeito,por parte do Município,de decisões de tribunais federais.

STF IF 590-QO/CE,DJ de 9-10-1998,Rel. Min.Celso de Mello,que disse pela Corte: "relativamente a esses entes municipais,a única pessoa política ativamente legitimada a neles intervir é o Estado-membro".

Art.34/CF- CAPÍTULO DA INTERVENÇÃO FEDERAL


sábado, 15 de março de 2014

Sêneca / A Brevidade da vida


Para falar da brevidade da vida Sêneca com grande verdade filosófica e propriedade já nos falava.

"Não digas que fulano viveu muito porque tem cabelos brancos e rugas.Ele não viveu muito.Apenas durou bastante"

Sêneca fala acerca do queixume das pessoas sobre a brevidade da vida.
Seria nosso tempo curto demais?
Percebemos o tempo?
Vivemos ou duramos?
Por que insistimos em permanecer no que é efêmero?
Viver intensamente é a solução?
O que é mesmo viver intensamente?
O que é viver sabiamente?
E afinal essas perguntas terão respostas?


Vejo que ao fim do livro encontrei todas as respostas,pois na sapiência de Sêneca e essa indagação que nos provoca a rever o nosso tempo em junção com a vida perfaz um caminho muito intrigante.E o livro poderá levar você a buscar respostas que estão dispostas em uma busca filosófica e até mesmo histórica.Fico aqui por indagar você amigo leitor.Quer mesmo buscar viver sabiamente?


Busque também na filosofia a resposta para suas indagações.
Poderá descobrir um caminho "um tanto surpreendente",afinal o sábio encara a morte sem medo.
Fiquemos atentos:

Observa que para reprovar aquela velocidade interminável o poeta com elegância,não fala de "melhor idade" e,sim,de "melhor dia".


( Sêneca )

quarta-feira, 12 de março de 2014

O domínio da mulher



Fez-se da costela
E dominou as artérias
Fez-se de água 
Inundou o mundo
Fez-se mulher 
E encantou os homens
Fez-se guerreira
E conquistou espaço
Fez-se coração 
E dominou o mundo

E hoje pulsa 
No coração do homem

Arlã Rocha

terça-feira, 11 de março de 2014

Todo carnaval tem seu fim



Num dia 
Noutro dia 
Guardarei a fantasia
Pierrô e colombina
Em bandas 
Em quartetos
Em duplas 
Acabou o carnaval 
E começou o dia 
Repartidos em outros dias 
E a fantasia 
Guardada no baú 
Com um copo 
De drink
Da indonésia
Numa outra fantasia 
Que insistia em ficar
O dia em dois tempos
As noites em duas luas
E o copo cheio 
Já não me deixava pensar
Que amanhã 
É dia de trabalhar


Arlã Rocha


sábado, 8 de março de 2014

Um cortejo às mulheres



Se não queres as honrarias
Ofereço a vocês o meu dia 
Se ontem ofereci o meu beijo
Hoje ofereço o cortejo
Mulheres que sentem que hoje 
É mais do que um dia dedicado as mulheres
Levante e proclame 
Ao mundo mais cores
Ao mundo sabores
Pois sem as mulheres 
Os dias seriam sem graça 
E se falarem da graça que a vida tem 
As mulheres tem sempre parcela
Na felicidade que os homens tem


Arlã Rocha


quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

O alpinista


A vitória e o insucesso são dois lados de uma mesma moeda.Há quem desconheça ambos os lados,mas sabemos que o alpinista sempre sabe que para chegar ao cume terá que escalar e muitas vezes terá insucesso.Sabe também que sua confiança é tanta que muitas vezes se surpreende quando não consegue ou quando abruptamente é empurrado para uma direção bem abaixo do que esperava.Sabemos que o alpinista não precisa de troféus e de falsos bajuladores ele precisa somente manter-se vivo para seguir no seu propósito.O dom de está vivo e ter chegado na escalada para esse sonho é tão motivador e tão ensurdecedor que o Alpinista escuta em seu interior :
Siga adiante!
O alpinista esquecerá o eco daqueles que torcem contra e seguirá adiante escutando apenas o eco dos seus sonhos.Assim caminha o alpinista sonhador.Que juntará as quedas e os percalços,mas chegará ao cume,diante de tamanha profusão de liberdade!
Quem foi que disse que o alpinista não teria percalços?Quem disse que ele sobreviveria?Quem disse que teria vitória  em todas as suas escaladas?
Poderia obter êxito sem antes ter conhecido o sabor do insucesso?
Alguém precisa mesmo falar que pra ser alpinista é só preciso escalar!
Seria um tanto demagogo,mas é preciso falar.O vitorioso vai sempre lutar.Sejamos sempre um alpinista!


Arlã Rocha

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

O mundo que cabe em suas mãos



O livro é mesmo encantamento.Já inventaram o livro digital,imagem em 3D e jogos interativos,mas o livro ainda não foi substituído por nenhum outro entretenimento e por nenhuma arte inovadora.O livro é companhia.É mesmo a sensação de todos os dias.Meu livro matinal,das tardes de domingo e das madrugadas que insistem em perambular no meu caminho.
Nas prateleiras e nas gavetas estão dispostos.
Quando abro o livro apareço em dimensões e multidão!
Vivência real na vida dos leitores de plantão que semeiam luzes.
Onde havia escuridão disseminam imagens em palavras e páginas numeradas que não cansam de falar.
É lá que penso em voltar todas as vezes que a sede bater de novo.Agora já sei onde posso buscar sonhos e alimentar os meus dias que já não iguais!

Arlã Rocha

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Corpos em liquidação


Você que cultua o corpo perfeito
Eu sei que isso é um defeito
Defeito seria o meu corpo?
Ou seria o que cultua?
Meu corpo é redondo 
E sua mente é quadrada
Não tenho corpo perfeito,
E nem tenho a mente perfeita 
Tenho mesmo 
É curiosidade 
Em saber 
Quando seus corpos esculturais forem desmoronados
e quando não puderem usá-los como manequins de lojas em liquidação
Sempre à mostra 
Em promoção!
O que farão?
Já que a mente sã 
É sinônimo de cura 
Do corpo e da alma


Arlã Rocha


sábado, 22 de fevereiro de 2014

Dieta milagrosa


Retire do seu cardápio 
O maldizer das línguas
A maledicência do algoz
O ódio insano 
Tão puro engano
O ódio
Alimento do teu dia 
É um prazer insano
Que aliena 
E que bestifica 
O homem


Arlã Rocha

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Homenagem ao professor Roque de Brito Alves


Imagens extraídas do site http://www.mauriciodenassau.edu.br

I SEMINÁRIO DE CIÊNCIAS CRIMINAIS DA UNINASSAU
REFLEXÕES,CRÍTICAS E DOGMÁTICA SOBRE O SISTEMA PENAL
Uma homenagem ao professor Roque de Brito Alves.

Cada tema já fora apresentado pelo professor Roque de Brito Alves.O renomado jurista e penalista do Brasil  ou melhor da América Latina.É um advogado e também um grande educador.Acreditando que a Educação é a solução.O Roque educador é aquele que pode mudar esse percurso traçado até aqui.


CRIME ORGANIZADO INTERNACIONAL
PALESTRANTE:José Roberto Wanderley

Crime organizado hoje não pode ser crime organizado nacional é uma estrutura internacional.Não podemos falar de uma máfia italiana.Estamos falando de uma estrutura criminosa que transcende uma nacionalidade.A máfia não é algo novo,para alguns autores é algo cultural.O crime organizado ele é estruturado e possui hierarquia.Eles movimentam dinheiro.A máfia passa muitas vezes por advogados,banqueiros que programam como deve ser feita a lavagem de dinheiro.

A idéia de uma responsabilidade penal é maculada frente ao crime organizado.Ao se falar em crime organizado no Brasil as pessoas pensam em drogas e mensalão.A indústria da falsificação é milionária.O Direito penal pressupõe a garantia.O direito penal é baseado na idéia do livre arbítrio.


Imagem extraída do site http://www.mauriciodenassau.edu.br

ENTRE HERMES E O POVO:O MITO DA BUSCA DA VERDADE REAL NO PROCESSO PENAL

PALESTRANTE: Bruno Galvão

Em seu discurso faz uma análise do mito no Direito Penal e sua semelhança.
Dentro de cada mito existe uma correspondência com a realidade.Existe uma questão de crença.E passar essa crença do mito para o processo é "busca"
Verdade é consenso.Um aforismo que se repete de tempos em tempos.
A verdade processual está longe de ser a ideal.Ferrajoli ilustra essa tensão:
"Verdade real é uma utopia e que a verdade processual excessivamente impregnada de subjetividade é arbitrária"
A Verdade processual é a verdade pelo fato provado disse o professor Roque segundo o palestrante.


Imagem extraída do site http://www.mauriciodenassau.edu.br

INDÍCIOS COMO MEIO DE PROVA NO PROCESSO PENAL
PALESTRANTE: Joel Venâncio

A camisa suja de sangue faltando um botão e o botão encontrado no local do crime poderá ser um indício.Com a tecnologia de hoje podemos encontrar partículas de sangue mesmo que o criminoso tenha tentado sumir com as provas.Indício é um raciocínio lógico baseado no princípio da causalidade entre o fato conhecido e o fato desconhecido.
Indícios no plural já indica a insuficiência de um só?Seria um conjunto?
A gente não encontra um ideal!
O que recentemente vemos é aceitar o indício como meio de prova.
O processo muitas vezes limita a verdade.Quando não admite a prova ilícita.
A verdade não aparece de forma direta.No nosso dia a dia ela se revela de forma indireta e ao invés de censurar os indícios  devemos analisá-los.

O ESTADO CRIMINOSO NO PENSAMENTO DE ROQUE DE BRITO ALVES
PALESTRANTE: Fernando Alves

O professor Fernando Alves fala sobre Roque que é Conhecido na Alemanha,Itália é citado por grandes autores internacionais...E que ele circula pela Academia Alemã.Fala ainda que a obra do professor Roque  está empregada de criminologia.
Cada um na sociedade representa um papel.
Com a criminalização emergencial hoje se fala na tipificação do terrorismo.Um tipo penal que falta uma discussão ampla.As discussões emergenciais nem sempre são discutidas.O que gera um Estado muitas vezes arbitrário.

Imagem extraída do site http://www.mauriciodenassau.edu.br

DIREITO PENAL PRA QUÊ? CRIME E LOUCURA NO TRATAMENTO JORNALÍSTICO DA QUESTÃO CRIMINAL NO BRASIL

PALESTRANTE: Isaac Luna

O palestrante enfatiza que professor Roque é um pensador humanista.Sendo contra o arbítrio e a favor da dignidade da pessoa humana.
Discute sobre:

Magna carta de 1215
Petition of rights,de 1628
Declaração Universal dos Direitos dos homens

Do livro crime e loucura de Roque Brito cita o louco moral.

Moralmente escolhemos defender determinados valores.

Imagem extraída do site http://www.mauriciodenassau.edu.br

Em seguida o Professor Roque comenta que muita gente boa é à favor da volta da vingança privada.Mas a bondade sempre prevalecerá...
Se um dia você tiver um choque entre o direito e a lei fique com o direito.E Se tiver um choque entre o direito e a justiça.Fique com a justiça!
Pensamento citado pelo professor Roque.



quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

A arte e multiplicidade dos lugares na xilogravura de Escher

ESCHER, M. C. Relativity (1953, xilogravura)

Maurits Cornelis Escher ou M.C. Escher é um artista gráfico, especialista em xilogravuras e litografias,nascido em 1898 em Leeuwarden, cidade ao norte da Holanda. Desde a infância demonstrava aptidão para desenhar. RELATIVIDADE/XILOGRAVURA do pintor holandês é uma obra de arte que engendra por caminhos diferentes em olhares diversos e dinamismo singular.
Estando a matemática a serviço da arte.Utilizando o espaço-temporal e as formas geométricas em um conceito novo e diferente na multiplicidade dos lugares.
Percebemos com a arte de Escher que a forma de ver e analisar de cada um é única e você vai se surpreender com a arte que modernamente em seu tempo fez da relatividade arte pura em matemática e multiplicidade.

A abertura da novela brasileira Top Model é inspirada na obra Relativity,que mostra várias escadas, de diversos ângulos, em um mesmo lugar.


NOVELA TOP MODEL DOS ANOS 80
Autoria: Walther Negrão e Antonio Calmon 


Por Arlã Rocha

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Ana Cañas foi traída e resolveu cantar e você vai murmurar?

Ana Cañas,cantora da MPB revela que fez a música TRAIDOR do seu CD e DVD ao vivo "CORAÇÃO INEVITÁVEL" em resposta a um ex namorado que foi   "O traidor"



Dessa traição surgiu a canção.
A relação acabou e nasceu a canção.
Ela canta com ênfase num ritmo gostoso dando as respostas em um embalo só.
Ouça o que Ana Cañas diz ao traidor.
Agora leia trechos da música:

Eu fiquei sozinha
Tantas mentiras não pude ver
Você me dizia melhor fingir
Do que sofrer
Sai correndo nesse mundo
Não olhei pra trás
Sei quem é você

Traidor não te quero mais ...

E agora você quer o meu perdão
E agora você diz que aprendeu a lição
Vai embora por favor me deixa em paz
Eu mereço amor e muito mais



Com certeza Ana Cañas você merece amor e muito mais! E se você já foi traído(a) aproveite pra tirar uma grande lição.
Nada como uma boa canção para espantar os sentimentos que te afrontam.Com o desamor nada melhor que uma canção sem melodramas e mais realismo em uma dosagem única.
Então diga pra você mesmo:
Eu mereço amor e muito mais...
Comece ouvindo a canção traidor de Ana Cañas
E liberte-se das sensações melodramáticas e cante junto com a cantora
"E agora você quer o meu perdão
E agora você diz que aprendeu a lição
Vai embora por favor me deixa em paz
Eu mereço amor e muito mais ..."

Afinal quem já passou por isso sabe o amor e o desamor que nos instinga.Há quem prefira ficar murmurando Ana Cañas resolveu cantar.
Singela canção e sublime interpretação.
Ouça e comece a cantar.Pra começar aprecie o vídeo:






segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Banda Diatônica revelação da internet para o mundo






Diatônica é um grupo de grande talento e criatividade
Que com grande simplicidade mostra a sua diversidade musical.A diversidade musical está na interpretação na harmonia entre o grupo que expande o conceito musical de forma eclética.
Na música de Luan Santana "Te esperando" a banda apresenta o clipe com suavidade e criatividade.Os fãs do Luan Santana amaram o clipe e quem não era fã simplesmente percebeu que a música é universal e que a Banda é mesmo um show à parte.
O fato é que a Banda Diatônica vem quebrando barreiras e que em uma brincadeira gostosa e divertida vem agradando a gregos e troianos.
E Tiremos o chapéu,pois o que eles fazem é mais do que uma diversão entre amigos.E brincando mostra a graça que a música tem.E que o Brasil abra as portas para quem nasce assim com tanta graça.
As gêmeas Mayra e Mayara com a feminilidade e suavidade de suas vozes completam o grupo e dão o toque feminino para os detalhes nas discussões.Afinal uma discussão sempre  é melhorada com a presença das mulheres.
Veja o vídeo:






Revela o novo de novo,mas 
O novo repaginado 
Em dois tempos
Em dose dupla 
Em grupo
Em sintonia
Diatônica 
Banda de talento e criatividade
Jeitinho popular,cultural e eclético
Expande em criação e discussão
Com as gêmeas Mayra e Mayara 
E para falar do grupo
Eis que comento
Eles são mesmo a harmonia
Efervescente
Pois criar está mesmo 
Em recriar
Se recrias
Recrias ainda
O que está por vir
A Banda Diatônica 
Em criação
Criou então 
Uma forma de inovar.

Por  Arlã Rocha